Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Empresário que ordenou fogo para matar família gastava milhares em bar de strip

Homem, que está em prisão preventiva, queria expulsar a vítima e a família para vender o prédio no centro do Porto.
Ana Isabel Fonseca 14 de Janeiro de 2020 às 08:56
Chenglong Li está preso
Chenglong Li está preso FOTO: CMTV
Chenglong Li - o empresário chinês que ordenou um fogo mortal no centro do Porto - gastava mais de mil euros por noite num bar de strip na zona industrial do Porto. Esse hábito consta da acusação do Ministério Público.

Foi, aliás, através de conhecimentos travados nesse mesmo bar que Chenglong Li, de 24 anos, conseguiu contratar os dois homens para atearem o fogo que levou à morte de António Gonçalves, em março do ano passado.

O empresário, que está em prisão preventiva, queria expulsar a vítima e a família para vender o prédio.
Ministério Público Chenglong Li Porto economia negócios e finanças indústria transformadora
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)