Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Encomendas iam para a Zona J

Sete funcionários dos CTT foram alvo de buscas da Polícia Judiciária, numa operação que contou com a colaboração da PSP e que visava desmantelar uma rede que se dedicava ao desvio de encomendas postais. As autoridades acreditam que a situação se arrastava há pelo menos quatro anos, tendo a investigação sido desencadeada por uma queixa dos serviços de fiscalização dos CTT.
14 de Maio de 2011 às 00:30
Encomendas eram levadas do centro da avenida Marechal Gomes da Costa
Encomendas eram levadas do centro da avenida Marechal Gomes da Costa FOTO: Tiago Sousa Dias

Foram apreendidas dezenas de peças desviadas e também centenas de objectos roubados numa operação que depois se estendeu à Zona J, em Chelas. Dos funcionários envolvidos, apenas um foi detido, acontecendo o mesmo ao receptador. Ambos foram ontem ouvidos no Tribunal de Instrução Criminal. Segundo o CM apurou, os funcionários envolvidos trabalham no departamento de recepção de encomendas, na Marechal Gomes da Costa. Era aí que os crimes eram cometidos, sendo desviadas as encomendas que normalmente eram expedidas por joalharias ou ourivesarias. O material era rapidamente escoado para o mercado negro e trocado por dinheiro vivo. Os funcionários não apresentavam sinais exteriores de riqueza, mas os seus comportamentos eram suspeitos.

CTT ENCOMENDAS ZONA J CHELAS LISBOA POLÍCIA JUDICIÁRIA
Ver comentários