Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

“Encostou-me arma à cabeça”

Rui Vicente, de 45 anos, esteve sequestrado, anteontem à tarde, durante 55 minutos, na cozinha do restaurante Duo Rui, de que é dono, em Lisboa. Foi ameaçado com um revólver à cabeça por um dos assaltantes. Os ladrões destruíram a máquina de tabaco para levar cigarros e dinheiro. Antes de fugir, roubaram ainda o recheio da caixa registadora e garrafas de whisky antigas.
26 de Maio de 2012 às 01:00
Rui Vicente, 45 anos, contou ao ‘CM’ o terror que viveu, sequestrado no seu restaurante
Rui Vicente, 45 anos, contou ao ‘CM’ o terror que viveu, sequestrado no seu restaurante FOTO: Vítor Mota

Rui estava sozinho quando, pelas 17h00, um homem entrou no estabelecimento comercial, em Chelas, e pediu para ir à casa de banho. Mas entrou pela porta de serviço, na cozinha, de luzes apagadas, onde Rui tinha ido. Ameaçou-o logo com a arma e ordenou: "Senta-te e nem abras os olhos".

"Encostou-me o revólver à cabeça, sentei-me no chão e tapei os olhos com as mãos. Quando os outros entraram, começou o barulho. Não sei quantos eram, estive sempre na cozinha, com o homem a apontar-me a pistola", contou ao Correio da Manhã o empresário Rui Vicente.

"O meu maior medo era a minha filhota chegar da escola e eles estarem aqui. Podia ter acontecido o pior", desabafou. Quando o grupo fugiu do Duo Rui, a vítima alertou a PSP. A PJ está a investigar. O prejuízo do roubo poderá chegar "aos dois mil euros". 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)