Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

ENERGIAS RENOVÁVEIS NAS ILHAS

Criar laboratórios reais no arquipélago dos Açores e promover a utilização de energias renováveis em larga escala nas ilhas são dois dos objectivos do protocolo assinado ontem entre o Laboratório de Ambiente Marinho e Tecnologia (LAMTEC) e o Instituto Superior Técnico.
10 de Outubro de 2004 às 10:23
A cerimónia, que teve a presença da ministra da Ciência, Inovação e Ensino Superior, Maria da Graça Carvalho, realizou-se no Campus de Angra de Heroísmo da Universidade dos Açores. Na sua quarta visita enquanto ministra ao arquipélago, a governante considerou que o acordo "é uma parceria perfeita" de modo a tornar as ilhas açorianas sustentáveis no que respeita à produção de energia.
"O Corvo, Graciosa e Terceira são exemplos privilegiados para o estudo das energias renováveis, de modo a tornarem-se 100 por cento sustentáveis", frisou, numa visita marcada pelo facto de 2004 "ser um ano importante para os Açores, pois receberam pela primeira vez cursos na área da Saúde". Quanto às energias renováveis, a vila de Praia da Vitória vai receber o futuro laboratório do LAMTEC.
A ministra aproveitou para voltar a salientar a importância da reforma de acção social, que vai permitir aos açorianos que estudem em universidades do continente o usufruto de uma viagem por ano gratuita do local de estudo à ilha de origem. Maria da Graça Carvalho realçou a importância do aumento do investimento em acção social. De acordo com o Ministério, em 2006 estarão disponíveis mais três mil camas em residências universitárias, para além de mais sete mil lugares em cantinas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)