Engenheiro pede para ser libertado

Ferreira da Silva, o pai da juíza que foi condenado a 20 anos de prisão por matar o ex-genro, Cláudio Rio Mendes, no parque da Mamarrosa, em Oliveira do Bairro, interpôs um ‘habeas corpus’, no qual pede a sua libertação imediata. O engenheiro, que conheceu a sentença no dia 7 deste mês, invoca que a alteração da medida de coacção para prisão preventiva é ilegal e não tem fundamento, uma vez que, no seu entender, não existe perigo de fuga.
20.12.12
  • partilhe
  • 0
  • +
Engenheiro pede para ser libertado
Ferreira da Silva entende que a alteração da medida de coacção é ilegal Foto Ricardo Almeida

"Constitui manifesto abuso de poder criar uma autêntica ficção sobre o perigo de fuga do arguido, sem que ele tenha violado as obrigações do estatuto de permanência da habitação a que esteve sujeito durante o julgamento", lê-se no pedido de ‘habeas corpus’.

Ferreira da Silva, que cometeu o crime a 5 de Fevereiro do ano passado quando tinha a neta ao colo, alega ainda que, no dia 2 de Dezembro deste ano, ou seja, cinco dias antes da leitura do acórdão, o juiz decidiu manter a domiciliária, justificando que não existiam motivos para alterar a medida de coacção. A defesa do arguido, que se encontra na cadeia de Aveiro, diz ainda que na leitura do acórdão o Tribunal de Anadia justificou a alteração para a prisão preventiva com o facto do homicida ter desrespeitado as normas restritivas a que estava sujeito. Ferreira da Silva contesta e diz que só saiu de casa acompanhado por militares e informou sempre previamente.

O Supremo Tribunal de Justiça deverá tomar uma decisão em breve.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
5 Comentários
  • De Fábio Martins22.12.12
    Este individuo e membros da familia são "pessoas" influentes na zona de residencia.Foi muito bom ter havido video e este ter ido parar ao youtube.Caso contrario teria havido alguma injustiça que é normal em Portugal.
    Responder
     
     0
    !
  • De alfredo belem20.12.12
    Afinal matou ou näo matou ?Entäo choldra com ele . Nuitos por roubarem uma macä foram presos.
    Responder
     
     1
    !
  • De O. Ferreira20.12.12
    Mata o genro à "queima roupa" com a filha deste ao colo e tem o descaramento de pedir para ser libertado. Que a Justiça funcione, este homem merece ficar preso, deu provas de que não olha a meios para atingir os fins.
    Responder
     
     4
    !
  • De Caparica20.12.12
    A filhota é uma boa professora. Daqui a pouco eatá cá fora.Concordo que ele saia da prisão directamente para a FORCA
    Responder
     
     2
    !
  • De Ana Martins20.12.12
    Este malandro em vez d se remeter ao silêncio da vergonha,ainda tem a lata d vir com exigências.Prisão com ele a ver se a pobrezinha da neta consegue crescer n1 ambiente 1 pouco mais saudável.Mas não sei se será possível
    Responder
     
     2
    !