Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

ENVERGONHADOS E ARREPENDIDOS

Os pais do bebé de sete meses encontrado sozinho e a chorar dentro de um carro, no estacionamento do Almada Fórum, no sábado, estão muito envergonhados com a situação e receosos de perderem a custódia do filho.
30 de Setembro de 2004 às 00:00
“Sei que falhámos, mas na altura achámos que era melhor para o bebé continuar a dormir descansado na cadeirinha do carro do que levá-lo para o centro comercial, disse ontem ao CM o pai do bebé, Manuel (nome fictício), adiantando que não pretendiam demorar-se.
“Só queríamos comprar um cachecol, um gorro e umas luvas para ele usar no Inverno”, explicaram Manuel e Fernanda.
O casal, de 34 e 21 anos, reside no concelho de Castelo Branco e passou o fim-de-semana na Costa de Caparica. De manhã foi à praia e no final do dia passou no centro comercial. “Íamos demorar-nos apenas uns minutos, mas perdemo-nos ao sair da loja e quando chegámos ao estacionamento, 15 a 20 minutos depois, vimos o vidro do carro partido e o bebé já lá não estava”, contou Manuel.
“Pensámos que nos tinham roubado o bebé”, disse Fernanda, adiantando ter ficado “apavorada” com a situação. “Tive medo porque havia pessoas à nossa volta a fazer ameaças e a dizer que merecíamos ir para a cadeia”.
O casal foi identificado no local por uma patrulha da PSP e levado para uma sala, enquanto o bebé, que não parava de chorar, era assistido noutro local por um bombeiro. Foi, aliás, o choro que levou um agente da PSP a partir um vidro do carro para o retirar.
O choro do bebé, que parecia nervoso e assustado, só parou quando a mãe foi autorizada a segurá-lo ao colo.
Acompanhada por um agente da PSP, Fernanda seguiu com o bebé para o Hospital, onde foi observado, voltando depois para casa com o marido.
Nos próximos dias, o casal deverá ser ouvido pela Comissão de Protecção de Menores e Jovens em Risco, que vai analisar o caso. Manuel e Fernanda receiam perder a custódia do bebé, filho único, mas afirmam-se dispostos a “tudo” para “lutar por ele”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)