Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Ervas venenosas mataram dois amigos

Filipe escreveu à mulher de Ricardo a contar que comeu funcho e cenouras do mato.
João Nuno Pepino 9 de Maio de 2017 às 01:30
Filipe e Ricardo no início da caminhada
GNR deu início à investigação
Conversa entre Filipe e a mulher de Ricardo
Plantas que as vítimas comeram
Local onde os corpos foram encontrados, num terreno perto de Alcanhões
Os dois corpos foram encontrados num caminho rural, junto à conduta da linha de água da EPAL, em Alcanhões
Homens estavam a preticar geocaching
Homens estavam a preticar geocaching
Homens estavam a preticar geocaching
Homens estavam a preticar geocaching
Homens estavam a preticar geocaching
Filipe e Ricardo no início da caminhada
GNR deu início à investigação
Conversa entre Filipe e a mulher de Ricardo
Plantas que as vítimas comeram
Local onde os corpos foram encontrados, num terreno perto de Alcanhões
Os dois corpos foram encontrados num caminho rural, junto à conduta da linha de água da EPAL, em Alcanhões
Homens estavam a preticar geocaching
Homens estavam a preticar geocaching
Homens estavam a preticar geocaching
Homens estavam a preticar geocaching
Homens estavam a preticar geocaching
Filipe e Ricardo no início da caminhada
GNR deu início à investigação
Conversa entre Filipe e a mulher de Ricardo
Plantas que as vítimas comeram
Local onde os corpos foram encontrados, num terreno perto de Alcanhões
Os dois corpos foram encontrados num caminho rural, junto à conduta da linha de água da EPAL, em Alcanhões
Homens estavam a preticar geocaching
Homens estavam a preticar geocaching
Homens estavam a preticar geocaching
Homens estavam a preticar geocaching
Homens estavam a preticar geocaching
Os dois amigos que morreram no sábado à tarde durante uma caminhada de sobrevivência em Alcanhões, Santarém, chegaram a brincar com o facto de estarem a comer ervas selvagens (e possivelmente venenosas) durante o percurso, que teve início pelas 10h00. Uma das vítimas, Filipe Namora, de 43 anos e residente em Santarém, escreveu na sua página do Facebook, às 11h43: "Ando a funcho e cenouras do mato eheh. O teu marido ainda me envenena ... < br />
Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso ao e-paper, a todos os conteúdos exclusivos do site no pc, tablet e smarphone
Assine já 1 mês/1€
Para ler este e todos os EXCLUSIVOS DE HOJE no site por 0.60€ + IVA Obtenha o seu código de acesso com uma simples chamada telefónica

ou
UTILIZE O
ervas amigos venenosas morte acidente Alcanhões Santarém caminhada sobrevivência
Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas
CM+
O Correio da Manhã para quem quer MAIS conteúdos e vantagens
Assine já 1 mês/1€
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)