Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

ESCOLAS COM PROBLEMAS

Uma semana depois da abertura do ano lectivo, nem todas as escolas estão ainda a funcionar em pleno, o que levou ontem pais e encarregados de educação a encerrar estabelecimentos a cadeados. Foi o que aconteceu em Matosinhos e Leiria.
23 de Setembro de 2002 às 23:21
Com efeito, a falta de professores e de salas de aulas levaram ao fecho da Escola B1 da Senhora da Hora, em Matosinhos. Uma situação que a Direcção Regional de Educação do Norte promete resolver.

Já na Escola do Ensino Básico da Carreira (Leiria) os pais contestaram a realização de obras de melhoramento, em simultaneo com as actividades escolares.

Revoltados estão, também, os encarregados de educação de 10 alunos da escola do Contado (Fregim-Amarante), com o facto de as crianças terem sido transferidas para um estabelecimento a um quilómetro de distância (Torreira). Os pais exigem, agora, que a junta assegure o transporte e a alimentação .

O caso mais insólito ocorreu na Escola 6 de Campo de Ourique, em Lisboa, que teve de encerrar devido à queda do tecto de uma das salas. Uma visita dos Bombeiros de Campo de Ourique e da Protecção Civil acabou por determinar o encerramento da escola.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)