Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Esfaqueada no braço em assalto a moradia

Joaquim e Elvira foram espancados e agredidos à paulada.
Miguel Curado 16 de Maio de 2015 às 21:22
Isolinda Sousa (foto pequena) viu Joaquim Santos a sair da moradia, em Francos, a sangrar da cabeça
Isolinda Sousa (foto pequena) viu Joaquim Santos a sair da moradia, em Francos, a sangrar da cabeça FOTO: Vítor Mota
O casal de idosos rogou por misericórdia. Mas os quatro assaltantes não pararam com as agressões. Foram duas horas de verdadeiro terror para Joaquim e Elvira Santos, de 75 e 74 anos, ex-emigrantes em França que residem numa moradia de Francos, Sintra. A mulher foi mesmo esfaqueada num braço, antes de o gang fugir com ouro, eletrodomésticos e dinheiro.

Testemunhas na rua da Juventude, em Francos, contaram ao CM que um dos ladrões tocou à campainha da moradia pelas 12h00 de quinta-feira. A porta estava semiaberta e o casal veio ver quem era. Foram de imediato empurrados para o interior da casa. Os assaltantes começaram por destruir os telemóveis do casal. Ameaçados com pistola e agredidos com um pau, Joaquim e Elvira Santos viram os ladrões a revirar a casa. Muitas peças de ouro, dinheiro, e dois plasmas foram roubados. Mas os ladrões queriam mais. Para isso, tiraram um cartão de débito ao casal, extorquindo-lhes o código. Terá sido nesse momento que Elvira Santos foi esfaqueada num braço. Um dos assaltantes deslocou-se a um multibanco, levantando mais 200 euros, tendo o gang fugido em seguida.

Isolinda Sousa, vizinha do casal, contou ao CM que viu o "senhor Joaquim a sair à rua com um lenço na cabeça e a sangrar, dizendo ter sido assaltado". As duas vítimas foram hospitalizadas. Tiveram alta ao final do dia e não regressaram a casa. A PJ investiga o assalto.
assalto agressões violência Francos PJ crime lei e justiça
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)