Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Esfaqueado por bloquear carro

Cinco anos de cadeia por atacar vítima em posto de combustível.
Magali Pinto 28 de Novembro de 2016 às 08:41
Agressão violenta aconteceu em janeiro do ano passado em Lisboa. Agressor foi condenado este ano
Agressão violenta aconteceu em janeiro do ano passado em Lisboa. Agressor foi condenado este ano FOTO: Pedro Catarino
O caso aconteceu em janeiro do ano passado em plena bomba de gasolina da Rede Energia, na avenida de Pádua, em Lisboa. Uma discussão entre dois homens acabou em esfaqueamento. A vítima bloqueou inadvertidamente a saída do agressor e foi abordada a murro. A violência foi tanta que levou o agressor a tirar uma faca de bolso e a esfaquear o outro homem nas costas. Depois fugiu do local.

Em maio deste ano, o agressor foi condenado a oito anos de prisão por homicídio tentado. No final de outubro, o Tribunal da Relação de Lisboa decidiu reduzir a pena para cinco anos de cadeia, recusando a pretensão do arguido em suspender a sua aplicação.

"A prevenção geral impõe, que num caso como este, em que na sequência de um pequeno desaguisado de trânsito, com uma grande ligeireza, se utiliza uma arma e com ela se atinge uma zona vital de outra pessoa, a pena a aplicar só possa ser a de prisão", pode ler-se no acórdão.

Para a atenuação da pena contribuiu a integração familiar, social e laboral do homem, de 43 anos. Segundo o acórdão, o homem agora condenado já cumpriu pena de prisão entre os anos de 1999 e 2003 por tráfico de droga. Vive com os pais e irmãos e ficou com a guarda da filha de seis anos após o divórcio.

Durante o julgamento, sempre negou ter sido ele a esfaquear. No entanto, o testemunho da vítima, que esteve hospitalizada, foi considerado credível. Assume que durante o confronto com o agressor o viu a tirar a faca do bolso.
Rede Energia avenida de Pádua Tribunal da Relação de Lisboa crime esfaqueamento
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)