Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Esfaqueado por colega da escola

‘Zé’ e ‘Angolano’ discutiram por causa da bola. Combinaram defrontar-se à porta da escola .
31 de Março de 2011 às 00:30
O jovem, amigo da vítima, obrigou ‘Angolano’ a entregar-se à polícia
O jovem, amigo da vítima, obrigou ‘Angolano’ a entregar-se à polícia FOTO: Sérgio Lemos

Um jogo de futebol acabou, ontem à tarde, com um aluno de 15 anos esfaqueado na cabeça, junto ao portão da Escola Preparatória Conceição e Silva, na Cova da Piedade, Almada.

‘Zé’ e ‘Angolano’, como são conhecidos pelos colegas, envolveram-se numa forte discussão durante um jogo de futebol. Como estavam dentro da escola, combinaram defrontar-se após as aulas, já na parte exterior do estabelecimento. Os dois jovens, ambos com 15 anos, trocaram insultos e daí às agressões físicas foi um ápice.

Apesar de o confronto ser apenas entre os dois, ‘Zé’ fez-se acompanhar por um grupo de amigos e desferiu um murro e um estalo ao ‘Angolano’. "Como estava em menor número, sacou da faca e atingiu o ‘Zé’ na cabeça, num braço e num joelho", contou um amigo da vítima.

"Quando eu cheguei disseram--me que o ‘Angolano’ estava a fugir e fomos atrás dele. Obrigamo-lo a entregar-se à PSP, que já estava a caminho", conta.

Enquanto ‘Zé’ foi levado para o Hospital Garcia de Orta, em Almada, porque estava a perder muito sangue, ‘Angolano’ ficou sob a custódia de elementos da Escola Segura da PSP. O estado do jovem esfaqueado é considerado estável.

Como o agressor é menor de idade, será o Tribunal de Família e Menores a encarregar-se do caso.

esfaqueado escola agressão jovens
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)