Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Esfaqueia mulher

Separado da mulher há um mês, Luís Miguel Sousa, 36 anos, continuou a vigiá-la, a persegui-la e a ameaçá-la. Ontem de manhã, esperou que Marisa Sousa, 27 anos, deixasse o filho no Centro Escolar de S. Pedro, Tomar, e atacou-a com uma podoa – um objecto semelhante a uma foice, usado para cortar ramos – no exterior do estabelecimento.
2 de Fevereiro de 2011 às 00:30
Luís Miguel Sousa não aceitou bem a separação de Marisa Sousa. Após semanas a persegui-la e a ameaçá-la, acabou por a atacar junto à escola da filha
Luís Miguel Sousa não aceitou bem a separação de Marisa Sousa. Após semanas a persegui-la e a ameaçá-la, acabou por a atacar junto à escola da filha FOTO: Rui Miguel Pedrosa

A vítima sofreu ferimentos nos membros superiores e inferiores e está hospitalizada, mas não corre perigo de vida. O agressor fugiu do local do crime e entregou--se uma hora depois no posto da GNR de Tomar, confessando a tentativa de homicídio.

"Ela queixava-se que ele andava a persegui-la e que a ameaçava matá--la, mas ninguém esperava uma coisa destas", afirmou ao Correio da Manhã Luís Nunes, primo de Marisa Sousa.

O casal juntou-se há cinco anos e estava casado há três. Têm um filho de três anos e vivia em casa da mãe de Marisa, na localidade Pai Cabeça, nos arredores de Tomar.

Luís trabalha na construção civil e a ex-mulher, cabeleireira de profissão, está desempregada. Segundo familiares do casal, as relações entre os dois começaram a agudizar-se "por causa dos ciúmes" do homem. Em Dezembro, Luís Miguel Sousa saiu de casa, mas nunca aceitou bem a separação. Era visto com frequência a rondar a residência da sogra e por vezes "ameaçava de morte" a ex-mulher.

Ontem, pelas 09h30, esperou que Marisa saísse de casa, seguiu-a até ao Centro Escolar e esperou-a no exterior, desferindo-lhe vários golpes com a podoa. No local foi encontrada uma faca de cozinha, pertencente ao agressor, que não chegou a ser utilizada.

As agressões foram presenciadas por algumas crianças que iam para a escola, o que obrigou a Associação de Pais a accionar o acompanhamento psicológico destes alunos.

TOMAR AGRESSÃO MULHER SEPARAÇÃO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)