Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

ESFAQUEOU A CUNHADA E FOI APANHADO

O Tribunal Judicial de Barcelos decretou ontem a prisão preventiva para o indivíduo de 27 anos acusado de, anteontem à tarde, ter esfaqueado a cunhada, uma jovem de 23 anos, deficiente mental.
11 de Novembro de 2004 às 00:00
O indivíduo, que após o crime se colocou em fuga, acabou por ser detido pela Polícia Judiciária (PJ), ao fim da noite, na sua própria residência. Segundo a PJ, a detenção ocorreu mediante a acusação da prática de um crime de homicídio qualificado na forma tentada.
A jovem, que terá também sido alvo de tentativa de estrangulamento com um cinto e de tentativa de violação, ficou gravemente ferida, tendo sido internada no Hospital de Barcelos e transferida para o S. João, no Porto, onde foi operada.
A PJ encontrou no apartamento da jovem, onde o crime foi praticado, o cinto da tentativa de estrangulação e a faca, ainda com sangue.
O crime provocou a indignação e a revolta da população da Urbanização da Formiga, na cidade de Barcelos, já que a jovem tinha uma deficiência, devido a um acidente que sofrera, e seria maltratada por vários dos seus familiares.
“Ela recebeu uma indemnização de 40 mil contos, quando teve o acidente, e os irmãos e cunhados ficaram-lhe com tudo. O que lhe valeu foi ter o apartamento em nome dela”, disse ao CM uma vizinha da vítima, referindo que o cunhado “devia levar um castigo pesado”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)