Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Esmolas roubadas

A Igreja Paroquial de Monsul, na Póvoa de Lanhoso, foi assaltada, na madrugada de ontem, tendo os ladrões levado uma caixa de esmolas e um cofre, com mais de um metro de altura, que tinha no seu interior cerca de 1500 euros em dinheiro, um trancelim (cordão de ouro) e dois pares de brincos em ouro (que se colocam na imagem de Santa Luzia nas procissões) e diversos objectos religiosos de prata.
7 de Outubro de 2011 às 01:00
A Igreja Paroquial de Monsul, Póvoa de Lanhoso, foi assaltada na madrugada de ontem
A Igreja Paroquial de Monsul, Póvoa de Lanhoso, foi assaltada na madrugada de ontem FOTO: Joana Neves Correia

"Além do dinheiro e do ouro, o cofre tinha cinco cálices, oito castiçais de prata, duas coroas também de prata e uma lavanda (jarro e alguidar de lavar as mãos) banhada a prata", disse ao CM o pároco, Marco Gil, que apresentou queixa à GNR.

O cofre, embora muito danificado, foi encontrado por um caçador, no Monte de S. Mamede, a oito quilómetros da freguesia. No seu interior estavam ainda os objectos de prata. "Eles só quiseram o ouro e o dinheiro", disse o sacerdote, acrescentando que "a caixa de esmolas também apareceu, mas vazia".

Segundo o padre Marco Gil, os prejuízos foram "bem mais elevados" do que os valores roubados (1500 euros em dinheiro e mais de dois mil euros em ouro). É que o cofre tinha custado mais de cinco mil euros e é necessário pôr uma porta nova na igreja. Para o sacerdote, os ladrões "conheciam bem o templo".

PÓVOA DO LANHOSO ASSALTO IGREJA ESMOLAS COFRE
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)