Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Espanca a família após festa religiosa em Vila Nova de Gaia

Atacou ex-companheira, a filha, o enteado e militares da GNR.
Ana Isabel Fonseca 23 de Dezembro de 2018 às 01:30
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
GNR
Uma ida à festa da Nossa Senhora da Adelaide, em Vila Nova de Gaia, terminou de forma extremamente violenta para uma família.

A 5 de abril deste ano, quando a mulher regressava com duas filhas, foi alvo de diversos insultos por parte do ex-companheiro com quem ainda partilhava casa, em Gondomar.

O arguido, de seguida, espancou ainda o enteado, de 17 anos, e esbofeteou a filha, de apenas sete, e apertou-lhe o pescoço.

O homem foi detido e vai agora ser julgado no Tribunal de São João Novo, no Porto. Responde por violência doméstica, ofensas à integridade física, dois crimes de injúria e quatro de resistência e coação a funcionários, uma vez que também agrediu dois militares da GNR no momento da detenção.

A acusação revela que o homem, de 51 anos, maltratava a família há muito tempo. As vítimas fechavam-se à chave no quarto com medo do suspeito, que ameaçou matar a ex-mulher.

PORMENORES
Ameaçou com enterro
O arguido ameaçou muitas vezes a ex-mulher. Disse à vítima que a ia matar, que o seu enterro estava para muito breve e que lhe ia fazer a vida negra.

Suspensão provisória
O agressor tinha já beneficiado de uma suspensão provisória de um outro processo devido também a maus-tratos que infligiu à antiga companheira.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)