Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Espanca filha em frente à polícia

Menor de 13 anos agredida pelo pai depois de ter desaparecido durante cinco horas.
16 de Agosto de 2013 às 01:00
Menor foi agredida com murros na cara e nas costas
Menor foi agredida com murros na cara e nas costas FOTO: Ricardo Cabral

Um português, de 31 anos, furioso pelo facto de a filha menor ter desaparecido durante cinco horas nas ruas de Badajoz, Espanha, espancou-a em plena rua mal esta foi encontrada. A polícia viu-se obrigada a detê-lo, o que irritou a população, que apedrejou os carros-patrulha.

A polícia foi alertada pela mãe da rapariga, de 13 anos, que aos gritos contou aos agentes que a filha tinha saído para compras e não regressou a casa. Quando a mulher fornecia aos polícias espanhóis a descrição da filha e das roupas que usava, um outro popular apareceu a dizer que a rapariga tinha sido encontrada.

Furioso com o sucedido, o pai da menor começou de imediato a agredir a filha com murros na cara e nas costas, e com pontapés. Os agentes de imediato detiveram o agressor, tendo um deles ficado ferido enquanto o homem era algemado. No momento em que levavam o homem para a esquadra, os moradores do bairro revoltaram-se, arremessando objetos contra os agentes e as viaturas policias. Só com a chegada de reforços o detido foi levado.

A menor foi vista por um médico e recebeu assistência. "Só queríamos ajudar a família a encontrar a rapariga. Não fomos lá para ser apedrejados", disse fonte policial.

Espanha Badajoz agressão menor polícia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)