Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Espanca mulher e PSP e é solto

Quando os dois agentes da PSP chegaram na madrugada de anteontem à porta de uma casa na Serra da Silveira, em Belas, Sintra, a jovem de 29 anos já estava com a cabeça partida e sentada no chão a esvair-se em sangue.
17 de Junho de 2010 às 00:30
Agentes foram chamados ao local, de madrugada, e acabaram agredidos. Receberam assistência médica
Agentes foram chamados ao local, de madrugada, e acabaram agredidos. Receberam assistência médica FOTO: direitos reservados

Mal viu a polícia, o marido agressor fugiu e trancou-se no carro. Forçado a sair, o homem de 30 anos lançou a porta com força contra um dos agentes e, já algemado, desferiu uma cabeçada no peito do outro, ferindo-o com gravidade. A vítima e os agentes tiveram de receber assistência médica. Quanto ao agressor, com várias queixas por violência doméstica, já foi libertado por ordem do Ministério Público.

O casal começou a discutir pelas 02h00 de segunda-feira, por motivos económicos – o agressor deu um murro na cabeça da mulher, atirando-a ao chão. Depois deu-lhe um pontapé na cabeça e vários murros em todo o corpo, provocando-lhe múltiplas escoriações. Aterrorizada, a vítima teve de fugir de casa. Os gritos da mulher alarmaram os vizinhos do prédio, que se apressaram a chamar as autoridades. Antes de ser detido, o homem fechou-se no carro e durante alguns minutos recusou-se a sair.

Quando finalmente os dois polícias o conseguiram tirar, foram também agredidos. No final o agressor foi detido, mas já está de novo em liberdade. Ao que o CM apurou, o homem tem várias queixas na PSP por de violência doméstica.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)