Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

ESPANCAVA ENTEADO COM CINTO

Um militar reformado de 41 anos foi detido no Entroncamento por espancar com um cinto o enteado de 10 anos, levando-o a dar entrada numa unidade hospitalar com vários hematomas e em estado de choque, revelou ontem a PSP. O caso passou-se na última quarta-feira e a Polícia foi chamada por vizinhos que ouviram gritos perto das 18h30.
15 de Julho de 2003 às 00:00
A Polícia diz que o agressor usou um cinto para bater no enteado
A Polícia diz que o agressor usou um cinto para bater no enteado FOTO: Jordi Burch
Quando chegaram ao local, os agentes precisaram de arrombar a porta da residência para pôr cobro à situação e encontraram o agressor “com indícios de estar alcoolizado”. O homem não ofereceu resistência.
O menino estava “em pânico” e a “chorar convulsivamente”, disse um responsável policial ao Correio da Manhã.
A criança foi transportada ao Hospital do Entroncamento, pois evidenciava vários hematomas e ferimentos, sobretudo nos braços.
Presente a Tribunal para o primeiro interrogatório judicial, o padrasto foi constituído arguido, tendo-lhe sido aplicadas duas medidas de coacção: o termo de identidade e residência e a proibição de se aproximar da criança, que continuará a residir com a mãe na casa onde ocorreram os factos.
De acordo com informações recolhidas junto da PSP, o militar reformado, sargento do Exército, não tem antecedentes criminais conhecidos relacionados com maus tratos sobre o enteado ou outras crianças.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)