Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

ESPECIALISTAS QUEREM PESSOAS A OLHAR PARA O CÉU

A ideia de que "não estamos sós no universo" e que existe vida extraterrestre na nossa galáxia foi ontem defendida por especialistas e estudiosos de ovnis (objectos voadores não identificados), numa conferência realizada em Óbidos, no âmbito das comemorações do Dia Mundial do OVNI.
30 de Junho de 2002 às 23:28
A acção contou com a presença de alguns dos mais credenciados investigadores nacionais e reuniu três centenas de interessados na temática, que ouviram os especialistas apontarem a existência de testemunhos e provas da vida extraterrena.

"Na nossa galáxia há quatro milhões de planetas com características de vida diferente da nossa", sustentou João Matos, investigador há mais de 20 anos, indicando ter "provas físicas e testemunhos no terreno, e inquéritos com rigor científico, que nos permitem chegar à conclusão de que não estamos sós".

Admitindo que "pessoas cépticas todos devemos ser à partida", manifestou que "as pessoas devem olhar para cima e não para baixo", pretendendo com isso dizer que as mentalidades se devem abrir ao conhecimento e não fugir à procura da verdade.

Araújo Brito, mediador da conferência e comandante da Marinha, referiu a dificuldade em obter documentação científica sobre ovniologia no estrangeiro, ao contrário do que acontece em Portugal, "onde se perdeu o medo de comunicar e falar sobre o assunto".

Paulo Cosmelli, investigador de fenómenos atmosféricos anormais e ovniólogo, está convencido de que "temos sido visitados por inteligências, que têm sido espectadores atentos do nosso mundo".
Ver comentários