Espécie de mosquito transmissor do vírus da febre dengue detetado no Algarve

Presença do mosquito representa "uma situação de risco acrescido para a saúde pública".
15.04.19
Uma espécie de mosquito transmissor do vírus da febre dengue foi detetada no Algarve no ano passado, mas sem transportar o vírus, disse esta segunda-feira à Lusa a coordenadora da Rede de Vigilância de Vetores (REVIVE).

A espécie invasora de mosquito "Aedes albopictus" foi detetada pela primeira em setembro de 2017 numa fábrica de pneus no norte do país, o que desencadeou uma resposta de vigilância por parte das autoridades de saúde pública a nível local, regional e nacional.

No ano passado, a mesma espécie foi detetada no Algarve "em zonas com menos de cinco quilómetros quadrados, em zonas muito pontuais, desconhecendo-se ainda com precisão como foi a sua introdução", disse a coordenadora do REVIVE, Maria João Alves.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!