Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Estado lesado em 69,6 milhões

O Estado foi lesado em 69,6 milhões de euros, pagos indevidamente ao Hospital Amadora-Sintra. A conclusão, avançada ontem pelo ‘Diário de Notícias’, é do Tribunal de Contas e foi considerada “lamentável” pela sociedade gestora do hospital, pois “põe em causa uma decisão judicial de 2003”, que lhe deu razão num processo contra o Estado.
19 de Novembro de 2005 às 00:00
Hospital Amadora-Sintra
Hospital Amadora-Sintra FOTO: Tiago Sousa Dias
Mas antes, em 2002, a Inspecção-geral de Finanças sustentara que o montante do ‘roubo’ ascendia a 75 milhões de euros, apontando 26 ex-responsáveis da administração regional de saúde de Lisboa, que deviam ter controlado o contrato entre o hospital e o Estado e, aparentemente, não o fizeram.
O Tribunal de Contas reduziu para 20 o número de eventuais responsáveis pelo descalabro, traduzido em pagamentos duplicados, erro de contas e atendimento a utentes não realizado. O relatório foi enviado ao Ministério Público, ao qual cabe deduzir acusação.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)