Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

ESTADO VAI AJUDAR O MENINO AZUL

"Estou muito feliz. Foram sete anos de luta, mas finalmente consegui. Não tenho palavras para descrever o que sinto neste momento", disse, emocionada, a mãe do 'Menino Azul', ao saber que a Segurança Social vai passar a suportar a totalidade das despesas com os medicamentos do pequeno Emanuel, que rondam os mil euros por mês.
9 de Março de 2004 às 00:00
Helena Silva (à dir.) esteve reunida com a responsável da Seg. Social de Braga, Filomena Bordalo
Helena Silva (à dir.) esteve reunida com a responsável da Seg. Social de Braga, Filomena Bordalo FOTO: Sérgio Freitas
Helena Silva esteve ontem reunida com a directora do Centro Distrital de Segurança Social de Braga, Filomena Bordalo, que lhe garantiu que "mediante a abertura de um processo, a Segurança Social passará a custear a totalidade dos medicamentos do Emanuel, suportando assim mais 50% dos gastos que suportava até ao momento".
Para que o processo seja aberto, a mãe do 'Menino Azul' terá apenas de se dirigir à Segurança Social da área onde reside, em Vila Nova de Famalicão, e, mediante a apresentação da respectiva receita, solicitar os medicamentos de que necessita.
"Mostrámo-nos ainda disponíveis para ajudar esta mãe a pagar as dívidas que contraiu devido aos elevados gastos com o tratamento do seu filho, mas ela recusou qualquer apoio específico, pois quer pagar as dívidas com o produto da venda dos seus quadros ", disse ao CM Filomena Bordalo, sublinhando que, "assim, apenas as despesas com os futuros tratamentos do menino serão asseguradas".
No final da reunião, Helena Silva não cabia em si de contente, mas fez questão de recordar que não quer ficar incluída em nenhum regime de excepção. Pelo contrário, pretende que o caso do Emanuel sirva de exemplo para que outras mães com filhos gravemente doentes nunca deixem de lutar pelos seus direitos.
"O CM, à semelhança de outros órgãos de informação, contribuiu para que todo este processo se resolvesse mais depressa. Foi a vitória de uma mãe no Dia da Mulher. Mas não descanso enquanto não criarem uma lei para que todas as crianças com doenças crónicas tenham acesso gratuito à medicação", concluiu Helena Silva.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)