Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Estava morto há vários dias

Alfredo Marcelo, de 48 anos, encontrado morto em casa, anteontem, já estava em avançado estado de decomposição quando a PSP arrombou a porta do apartamento na avenida Rodrigues de Freitas, no Porto. O mau cheiro alertou os vizinho que, estranhando também o facto de o homem não ser visto há vários dias, chamaram a polícia.
6 de Junho de 2010 às 00:30
Vítima vivia só, no 1.º andar
Vítima vivia só, no 1.º andar FOTO: Joana Neves Correia

Alfredo terá morrido de causa natural, mas só o resultado da autópsia o poderá confirmar. O homem vivia sozinho, não trabalhava e tinha problemas de alcoolismo.

"Ele bebia muito e andava sempre a resmungar", disse ao CM um vizinho. Alfredo viveu sempre com a mãe naquela casa, mas há uns anos a Segurança Social colocou a idosa num lar. "Ele tinha muitas discussões com a mãe", referiu o morador. A irmã de Alfredo suicidou-se há dez anos, o que terá agravado o estado depressivo do homem.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)