Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

“Este País trata muito mal os seus polícias”

Sindicatos da PSP e da GNR reagem a críticas.
Patrícia Lima Leitão 23 de Outubro de 2018 às 09:32
Foto da polémica mostra os três ladrões após a detenção no parque de campismo de Medas
Assaltantes quando chegaram à Divisão de Investigação Criminal
PSP deteve gang suspeito de assaltos em Gondomar
Foto da polémica mostra os três ladrões após a detenção no parque de campismo de Medas
Assaltantes quando chegaram à Divisão de Investigação Criminal
PSP deteve gang suspeito de assaltos em Gondomar
Foto da polémica mostra os três ladrões após a detenção no parque de campismo de Medas
Assaltantes quando chegaram à Divisão de Investigação Criminal
PSP deteve gang suspeito de assaltos em Gondomar
As críticas à divulgação das fotografias dos gémeos Emanuel e Fernando Santos, e do sobrinho, Hugo Saraiva, tiradas no momento em que são capturados após fugirem do Tribunal de Instrução Criminal do Porto, mereceram reação enérgica de associações da PSP, mas também da GNR.

"A ASPIG não fica indignada com as fotografias, expostas publicamente, pois considera que os criminosos não são merecedores do mesmo respeito e da consideração atribuídos ao cidadão comum", referiu, em comunicado, a Associação Sócio-Profissional Independente da Guarda.

Já a Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP) preferiu sublinhar a capacidade de resposta dos agentes. "Temos um País que trata muito mal os polícias. Quando é preciso, eles estão ao serviço e tentam fazer o melhor desvalorizando muitas vezes os seus direitos e descanso", assegurou Paulo Rodrigues, líder da ASPP.

Cristiana Carvalho, advogada de Fernando Santos e Hugo Saraiva, considera, por sua vez, que a publicação foi um "atentado" à dignidade humana e avançou que vai tomar medidas jurídicas. "Umas coisas não justificam as outras e eles estão muito revoltados", disse.

Ao que o CM apurou, Emanuel, condenado a sete anos de prisão em 2008, em Portugal, tem também ‘currículo’ na Suíça, tendo sido apanhado com ouro furtado.

As autoridades investigam ainda a eventual ligação a um assalto, ocorrido a 12 de outubro, na Maia, em que um engenheiro foi baleado.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)