Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

“Estou à espera para matar-vos a todos”

Após três anos a sofrer em silêncio, ‘Maria’ ganhou coragem e anteontem foi ao Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) apresentar queixa contra o ex-companheiro. E rapidamente os responsáveis do Ministério Público viram que a denúncia espelhava um medo real.
23 de Julho de 2010 às 00:30
Ex-companheiro seguiu vítima até ao Campus da Justiça e ameaçou-a quando esta apresentava queixa
Ex-companheiro seguiu vítima até ao Campus da Justiça e ameaçou-a quando esta apresentava queixa FOTO: Pedro Catarino

Ao mesmo tempo que ‘Maria’ era ouvida, ecoavam no Campus da Justiça, em Lisboa, as ameaças do agressor. "Não tenho medo nenhum de vocês, estou cá fora à vossa espera e vou matar-vos a todos", gritava o ex-companheiro. Acabou detido pela PSP após perseguição e agora está indiciado pelos crimes de violência doméstica, sequestro e posse de arma proibida.

Segundo o CM apurou, os relatos de agressões entre ‘Maria’, de 22 anos, e o ex-namorado, de 29, remontam a 2007. Desde então o casal teve uma filha – actualmente com 21 meses –, tendo-se separado e reatado a relação por diversas vezes, mas a violência – física e psicológica – esteve sempre presente.

Era com frequência que ‘Maria’ recebia mensagens ameaçadoras no telemóvel. "Vou-te matar e à tua família toda também", "vou-te pôr numa cadeira de rodas" e "vou desaparecer com a menina" eram as palavras mais usadas. A última mensagem – com mais ameaças de morte e de rapto da filha – chegou na madrugada do dia 19.

De acordo com fontes policiais, a detenção do agressor ocorreu anteontem, pelas 17h00, na avenida D. João II. Na mesma altura em que ‘Maria’ apresentava queixa no DIAP, o ex-companheiro – que a seguiu até ao Campus da Justiça – ameaçava matá-la, pelo que os responsáveis da 7ª Secção (Unidade Especial de Combate à Violência Doméstica) ordenaram o reforço da segurança e emitiram um mandado de detenção. O agressor ainda tentou escapar aos elementos da Divisão de Investigação Criminal da PSP de Lisboa, mas acabou detido após perseguição.

O tribunal decretou a sua prisão preventiva.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)