Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Estranguladores ficam na cadeia

Seis assaltantes que atacaram 16 idosos para roubar levam penas entre os sete e os dez anos
19 de Julho de 2013 às 01:00
estranguladores, assalto, roubo, furto,
estranguladores, assalto, roubo, furto, FOTO: Ricardo Cabral

Dezasseis idosos foram atacados de forma violenta pelo grupo de oito assaltantes, de junho de 2011 a agosto do ano passado, na Grande Lisboa e no Algarve. Para roubar, sobretudo peças em ouro, estrangulavam as vítimas, abordadas no hall dos prédios onde vivem, até as deixarem inconscientes. Dois dos suspeitos apanhados foram anteontem absolvidos no Campus de Justiça, em Lisboa – e os restantes seis apanharam penas entre os sete e os dez anos de cadeia.

Um dos casos mais graves aconteceu em Portimão. Sozinho à entrada do prédio onde vive, António do Carmo, 95 anos, não suportou as agressões dos três assaltantes violentos, membros do gang, que o estrangularam. O idoso perdeu os sentidos e caiu inanimado no hall. Roubaram-lhe um fio de ouro e um crucifixo, deixando a vítima estendida.

Desempregados e alguns com cadastro por roubos, os assaltantes foram presos pela Divisão de Investigação Criminal da PSP de Lisboa nas portagens do Pinhal Novo, em plena A2, a 19 de agosto.

A par do estrangulamento, os assaltantes ainda pontapeavam as vítimas, como aconteceu em Benfica, onde uma mulher foi agredida à frente do próprio marido. Desta forma, o casal ficou sem três mil euros.

estranguladores assalto roubo furto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)