Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

ESTRANGULOU MÃE COM OS PÉS

Uma mulher de 62 anos foi estrangulada com os pés até à morte pelo filho, ontem, às 14h00, no bairro social de Paradinha, em Viseu. O suspeito, de 36 anos, saiu de casa depois de cometer o crime, apanhou um autocarro e dirigiu-se a um café de Viseu onde, "com naturalidade", disse a quem o quis ouvir que tinha morto a mãe.
19 de Maio de 2004 às 00:00
 O cadáver apresentava sinais de grande violência
O cadáver apresentava sinais de grande violência FOTO: Luís Oliveira
Perante a informação, os agentes da PSP deslocaram- -se à habitação, rebentaram a porta e encontraram Maria Ferreira Cardoso morta, num quarto, com sinais de grande violência.
O indivíduo, que esteve preso três anos por furto qualificado, foi detido por agentes da PSP, pelas 15h00, a quem confessou a autoria do crime.
Quanto às causas da morte, um informador da PSP adiantou que a mulher "tinha sinais de estrangulamento feito com os pés".
Segundo os vizinhos, seria habitual o indivíduo "agredir violentamente" a mãe, pelo que o homicídio "não apanhou de surpresa a maioria das pessoas".
Antes da discussão que viria a estar na origem da morte, a vítima estava à janela e de repente entrou em casa e o filho fechou a janela.
"Eles já estavam a discutir há muito tempo. Depois ele arrastou-a pelos cabelos para dentro e não vi mais nada", contou Maria Pereira Lopes, salientando que o suspeito "era uma pessoa muito má quando estava com álcool a mais".
O autor confesso do crime vai ser presente hoje ao juiz do Tribunal de Viseu para o primeiro interrogatório. O corpo da vítima foi removido pelos bombeiros, depois das perícias legais realizadas pela Polícia Judiciária.
'ELA TINHA MEDO DELE'
A vítima residia com o filho e uma filha que sofre de perturbações mentais, que na altura não se encontrava em casa. A vizinhança considera que um dia “esta tragédia iria acontecer”. Delfim Machado, refere que “o indivíduo tratava muito mal a mãe”. “Isto tinha que acabar desta forma. Ele batia-lhe quase todos dias e ela nunca apresentou queixa à Polícia porque tinha muito medo dele”, afirmou o vizinho.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)