Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Estudante faz-se passar por rapariga para obrigar criança a enviar fotos nua

Homem ameaçou vítima para enviar mais imagens, nua com uma amiga, caso contrário iria expor na internet as fotos anteriores.
Sérgio A. Vitorino 25 de Julho de 2022 às 09:13
Atacou pelas redes sociais
Atacou pelas redes sociais FOTO: Ralf Geithe/iStockphoto
O Ministério Público de Lisboa deduziu acusação contra um estudante de 21 anos que se fez passar por rapariga nas redes sociais da internet e abusou de uma menina, de 11 anos.

De acordo com a acusação, começou por enviar à vítima fotos de jovens nuas e pediu-lhe iguais dela própria. Esta enviou três e o homem ameaçou-a para enviar mais, nua com uma amiga, caso contrário iria expor na internet as fotos anteriores.

Responde por abuso sexual de crianças agravado, coação agravada e 220 crimes de pornografia de menores.
Ministério Público de Lisboa questões sociais ameaça pornografia menores
Ver comentários
C-Studio