Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

“Eu sei que ela me vai matar quando puder”

Conversas foram gravadas por terceiro elemento, que denunciou caso de encomenda de homicídio às autoridades.
Ágata Rodrigues 18 de Novembro de 2016 às 08:33
Fernanda Salomé Oliveira confessou os crimes, mas afirmou que quem quis matar o seu marido foi o outro arguido
Fernanda Salomé Oliveira confessou os crimes, mas afirmou que quem quis matar o seu marido foi o outro arguido FOTO: CMTV
O homem cuja morte Fernanda Salomé Oliveira, de 39 anos, encomendou disse ontem, na primeira sessão de julgamento, que continua a temer pela vida.

"Desde que vi os vídeos não estou descansado. Eu sei que ela me vai matar assim que puder", assegurou o advogado António Quintas, ex-marido da arguida.

Fernanda Oliveira confessou ao tribunal que combinou com Alfredo Damas e Fernando Teixeira a morte do ex-marido. Forneceu moradas e matrículas para o seguirem e pagaria 175 mil euros, mas foi denunciada pelo segundo homem que contratou - que acabou por não ser acusado.

Mas, em lágrimas, a arguida negou ter encomendado a morte da ex-sogra e da atual companheira do ex-marido, que na altura pensavam estar grávida.

No processo constam três vídeos das conversas que foram filmadas em 2013 e nas quais Alfredo Damas e Fernando Teixeira asseguram que matarão António Quintas.

Só que Fernando Teixeira entregou as gravações a Quintas e ambos apresentaram queixa às autoridades.

Salomé Oliveira e Alfredo Damas estão acusados de três crimes de homicídio qualificado na forma tentada.

A mulher, que passou a sessão a chorar, explicou ao tribunal que a culpa não era dela e que foi influenciada por Alfredo Damas a mandar matar o marido. "Aceitei o que o Damas me dizia, foi ele que me falou de tirar a vida ao meu ex-marido. Estou arrependida", explicou.
Fernanda Salomé Oliveira António Quintas Alfredo Damas Fernando Teixeira crime lei e justiça prisão
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)