Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Euromilionário entre os cem mais ricos

São 125 milhões de euros que hoje depois das 21h00 serão sorteados no maior ‘jackpot’ alguma vez realizado pelo Euromilhões. O prémio em jogo, cujo valor ainda vai subir com as apostas registadas, coloca o totalista, caso seja português, a meio da tabela dos cem mais ricos do País.
20 de Janeiro de 2006 às 00:00
Corrida aos milhões eleva previsão de receitas para mais de 35 milhões de euros
Corrida aos milhões eleva previsão de receitas para mais de 35 milhões de euros FOTO: Enriv Vives-Rubio
Milhões de pessoas irão até às 19h00 tentar a sua sorte num dos 4500 mediadores nacionais. A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa prevê um novo máximo nas receitas, acima dos 35 milhões de euros. Na última semana, os portugueses jogaram 33 milhões de euros, depois de na semana anterior terem apostado 26 milhões.
O máximo de receitas obtido até agora foi de 43,8 milhões de euros, a 29 de Julho – a sexta-feira em que a irlandesa Dolores McNamara arrecadou 115,4 milhões de euros. O maior prémio entregue até hoje.
O QUE É QUE EU FAÇO?
Os premiados com prémios da Santa Casa superiores a um milhão de euros são acompanhados pelo Grupo de Apoio ao Alto Premiado (GAAP). “O contacto é obrigatório e é gerido pelos elementos que compõem o grupo”, disse um dos responsáveis, Mário Ervilha.
“O que é que eu faço?” é em regra a primeira pergunta colocada pelos premiados, precisou Mário Ervilha. “Mais do que como devem aplicar o dinheiro, as pessoas pedem conselhos sobre como agir”, disse.
“Uma recomendação da Santa Casa é que, na fase inicial, não devem divulgar a informação de que foram totalistas, mesmo entre amigos”, acrescentou.
Caso o primeiro prémio venha inteirinho para Portugal, o totalista entra para o clube restrito dos cem mais ricos. Belmiro de Azevedo, com uma fortuna avaliada em 1,262 mil milhões de euros, lidera a lista. Na 53.ª posição está a família Fortunato, de Lisboa, com um património de 130,2 milhões de euros. O 54.º lugar é ocupado por Jorge Nélson Quintas e família, do Porto, com 123,9 milhões de euros, segundo revela a revista ‘Exame’.
'NÃO DIGAM SEQUER AO MAIOR AMIGO'
Qualquer pessoa sonha com a conquista da fortuna ‘oferecida’ pelo Euromilhões. Mas a sorte grande depressa pode transformar-se em pesadelo. O alerta é dos vencedores do maior prémio do Euromilhões atribuído em Portugal, no valor de 45 milhões de euros. Paulo Pereira e Domingos Oliveira, que residem no concelho de Guimarães, não esconderam a euforia a 26 de Novembro de 2004. Foram depois forçados a fugir com as suas famílias. Só um ano depois Domingos Oliveira apareceu em público. E deixou o alerta a novos eventuais euromilionários: “Não digam a ninguém, nem sequer ao vosso maior amigo”. Apesar disso, os dois casais ainda hoje continuam a apostar no Euromilhões, sempre no Quiosque Fandino.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)