Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Evacuação abre guerra

A evacuação dos três feridos no incêndio da Sertã, dois bombeiros e um civil, fez estalar mais uma polémica entre os bombeiros e o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).
5 de Setembro de 2005 às 00:00
Os ‘soldados da paz’ foram transferidos para Coimbra num helicóptero do Serviço Nacional de Bombeiros e Protecção Civil (SNBPC), mas o civil, em estado grave, ficou ‘retido’ no Centro de Saúde perto de duas horas, à espera do meio aéreo accionado pelo INEM.
Os responsáveis da emergência médica referem que a decisão se deveu a uma opção clínica. O presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses (LBP), Duarte Caldeira, acusa-os de “fundamentalismo”.
As vítimas foram apanhadas pelas chamas no sábado, ao fim da tarde. O carro dos voluntários de Oleiros ardeu, assim como a viatura civil de Daniel Ribeiro, 20 anos. O jovem sofreu queimaduras em 60 por cento do corpo e está internado nos Hospitais da Universidade de Coimbra em estado grave. A LBP quer apurar responsabilidades na actuação do INEM.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)