Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Évora corta água por excesso de metais

O abastecimento público de água foi esta noite cortado na cidade de Évora devido ao excesso de metais, como o alumínio. Fonte da autarquia estima que mais de 20 mil pessoas estão sem abastecimento, sobretudo no centro históricos e nos bairros mais elevados da cidade.
6 de Janeiro de 2010 às 10:39
PSP apanha burlão do ‘copo de água’
PSP apanha burlão do ‘copo de água’ FOTO: d.r.

Sem pinga de água nas torneiras, as escolas foram encerradas. Mas os hospitais, clínicas, lares e outras instituições de apoio social mantém o normal funcionamento estando a água a ser assegurada pelo abastecimento dos bombeiros da região com um total de seis auto-tanques. “As cirurgias não foram desmarcadas. Todos os serviços estão a funcionar em pleno”, referiu ao CM Inês Massapina, relevações públicas do Hospital de Évora.

Para efectuar um ponto de situação sobre a questão do abastecimento público de água à cidade de Évora, está agendada para as 12h00 uma conferência de imprensa pelo autarca de Évora e presidente da Comissão Municipal de Protecção Civil, José Ernesto D’Oliveira.  

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)