Ex-assessor militar duvida que gabinete de Costa soubesse de memorando polémico sobre Tancos

Vice-almirante Monteiro Montenegro repetiu não ter tido conhecimento do memorando da PJ Militar sobre a encenação em torno do "achamento" do material..
Por Lusa|16.04.19
  • partilhe
  • 0
  • +
O ex-assessor militar do primeiro-ministro garantiu esta terça-feira que não teve conhecimento, em 2017, do memorando da PJ Militar sobre a recuperação do material furtado de Tancos e disse duvidar que tenha chegado ao gabinete de António Costa.

O vice-almirante Monteiro Montenegro foi esta terça-feira ouvido, durante cerca de uma hora na comissão parlamentar de inquérito ao furto de Tancos, em que repetiu, por várias vezes, não ter tido conhecimento do memorando da PJ Militar sobre a encenação em torno do "achamento" do material, em outubro de 2017.

"Eu não tive conhecimento do memorando, estava de férias. E duvido muito que tenha chegado ao gabinete do primeiro-ministro", afirmou o assessor militar de António Costa à data do furto do material, em junho de 2017.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!