Sub-categorias

Notícia

Ex-autarca culpa amante por golpe de nove mil euros

Ex-autarca cala stripper com nove mil euros públicos.
Por Tânia Rei|14.03.18
Pedro Mora usou mais de nove mil euros de uma empresa municipal para pagar o silêncio da amante, que ameaçava colocar a relação extraconjugal na praça pública.

A revelação foi feita pelo próprio ex-vice-presidente da Câmara de Freixo de Espada à Cinta, na primeira sessão de julgamento que está a decorrer no Tribunal de Torre de Moncorvo. O ex-autarca está acusado de peculato na forma continuada.

O caso começou a ser investigado em 2013, depois de uma auditoria às contas da autarquia freixenista solicitada pelo executivo que, na altura, passou a presidir à autarquia. Foram duas faturas que levantaram suspeitas "por não estarem relacionadas com o objeto social" da Sociedade Congida La Barca — Transportes Turísticos e Fluviais, Lda., pertença do município e do Ayuntamento de Vilvestre, em Espanha.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!