Sub-categorias

Notícia

Ex-emigrante morre a 100 metros de casa

Joaquim Fernando Vieira caiu após ter estado num café e foi atropelado por um carro, em Marco de Canaveses.
Por Ana Silva Monteiro|11.08.18
  • partilhe
  • 1
  • +
Joaquim Fernando Vieira, de 58 anos, regressava de um café, na quinta-feira à noite, em Paredes de Viadores, Marco de Canaveses, quando caiu, por motivos desconhecidos, na rua de Boi Morto. Foi atropelado por um carro e não resistiu aos ferimentos. O condutor da viatura ficou em pânico e afirmou às autoridades que não se apercebeu da presença da vítima na estrada. A GNR foi ao local e está a investigar.

O alerta chegou aos bombeiros pelas 23h50. "Ele tinha estado aqui no café. Saiu já passava das 23h00 e, passados poucos minutos, soubemos da notícia. O condutor estava em choque com aquilo que tinha acontecido", disse ao CM João Moreira, amigo da vítima mortal.
Ex-emigrante morre a 100 metros de casa

O acidente aconteceu junto a uma paragem de autocarros, a cerca de 100 metros da casa da vítima. "Ele esteve muitos anos a trabalhar na Alemanha e, há cerca de sete anos, voltou para Portugal. Nunca foi casado e vivia aqui sozinho, já que os familiares estão todos longe. Como não trabalhava, passava muito tempo no café", explicou João Moreira, ainda muito abalado com a morte do amigo.

À chegada dos operacionais dos Bombeiros do Marco de Canaveses, Joaquim Vieira estava inconsciente, em paragem cardiorrespiratória. Apesar de todos os esforços, o óbito acabou por ser declarado no local do acidente. O corpo foi removido para o Instituto de Medicina Legal, onde vai ser autopsiado.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!