Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Ex-funcionário bancário suspeito de desviar 423 mil euros a casal de empresários confessa crimes

Julgamento teve início esta manhã de terça-feira.
Paulo Jorge Duarte 9 de Novembro de 2021 às 11:40
Tribunal de Aveiro
Tribunal de Aveiro FOTO: CMTV
O ex-funcionário bancário suspeito de desviar 423 mil euros de um casal de empresários, em Montemor-o-Velho, confessou os crimes a um coletivo de juízes do tribunal de Aveiro.

O julgamento teve início esta manhã de terça-feira. O homem, de 66 anos, está acusado dos crimes de abuso de confiança qualificado e de falsificação de documento agravado.

O arguido era gestor das contas do casal, empresários no ramo da pastelaria, desde 1994. Entre 2000 e 2011, recorreu a um esquema para desviar cerca de 423 mil euros das contas dos empresários. Além de movimentos bancários, o ex-bancário pediu vários cartões bancários domiciliados na conta do casal.

A mulher do ex-funcionário bancário também é arguida neste processo. Segundo a acusação pública, a familiar sabia dos desvios e beneficiou do dinheiro. Responde, por isso, pelo crime de recetação continuada.

As vítimas pede uma indemnização de cerca de 2,1 milhões de euros. Já a entidade bancária fez um pedido de indemnização de cerca de 500 mil euros.
Montemor-o-Velho Aveiro crime lei e justiça julgamentos tribunal
Ver comentários
}