Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Ex-GNR julgado por abusar de criança numa cabina

Um militar reformado da GNR é suspeito de ter atraído um menino de dez anos para as traseiras de uma cabina elétrica em Santarém, onde tentou forçar contactos íntimos, antes de o menor ter conseguido fugir em pânico.
14 de Janeiro de 2013 às 01:00
Crime foi cometido, em 2010, junto a esta cabina elétrica
Crime foi cometido, em 2010, junto a esta cabina elétrica FOTO: João Nuno Pepino

O arguido, viúvo de 73 anos, vai responder no Tribunal de Santarém por um crime de abuso sexual de menor na forma tentada. Segundo a acusação do Ministério Público (MP), o suspeito conseguiu ficar a sós com a vítima, a quem, diz o MP, terá prometido dar um computador portátil e uma bola do Benfica a troco de um beijinho, em junho de 2010. Levou-o para a cabina e disse-lhe que o beijo tinha de ser na boca. O menor fugiu em pânico e denunciou-o. O arguido, sem antecedentes criminais, nega a autoria dos factos.

GNR ABUSOS SEXUAIS VIOLAÇÃO SANTARÉM
Ver comentários