Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Ex-mineiros marcharam 25 quilómetros

Cerca de cem ex-mineiros da Empresa Nacional de Urânio (ENU) e viúvas dos já falecidos por causa da radioactividade fizeram hoje uma marcha de 25 quilómetros exigindo ao Governo resposta às suas reivindicações: benefícios na idade da reforma e exames médicos gratuitos.
8 de Fevereiro de 2009 às 18:43

Na marcha, entre Urgeiriça (Canas de Senhorim) e a Cunha Baixa (Mangualde), dois importantes coutos mineiros da ENU, os manifestantes gritaram frases como 'A luta continua' e 'Sócrates escuta, os mineiros estão em luta'. João Morais, um dos ex-mineiros, contou que se sente injustiçado, pois 'há colegas que trabalharam comigo na mesma secção, 15/20 anos, e reformaram-se.

"Eu trabalhei 25 e penso que devia ter o mesmo tratamento, mas não mo dão porque na altura em que começaram os despedimentos cada um, à medida que ia tendo oportunidades, foi saindo, mas só saíamos porque sabíamos que o futuro próximo era o despedimento'.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)