Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Ex-PJ lembra em tribunal o filho morto em assalto em Lisboa

Pedro Fonseca foi assassinado à facada no Campo Grande. Três homicidas estão a ser julgados.
Sérgio A. Vitorino 6 de Novembro de 2020 às 08:40
Pedro Fonseca tinha 24 anos
Pedro Fonseca tinha 24 anos FOTO: Direitos Reservados
O pai de Pedro Fonseca, o jovem de 24 anos assassinado à facada num roubo, a 28 de dezembro de 2019 no Campo Grande, em Lisboa, recordou esta quinta-feira emocionado, na primeira sessão do julgamento dos três homicidas, o filho “calmo” e que “não se metia em confusões”.

O ex-inspetor chefe da PJ foi a primeira testemunha ouvida, após os arguidos, de 17, 18 e 20 anos, se terem remetido ao silêncio. De resto, apenas um deles esteve na sala, sendo que os restantes assistiram por videoconferência a partir da cadeia de Leiria, onde estão em isolamento devido à Covid.

O advogado do autor das facadas disse que ele vai confessar e “está arrependido”. O trio está ainda acusado de 13 roubos e agressões.

Lisboa Ex-PJ Pedro Fonseca Campo Grande crime lei e justiça questões sociais
Ver comentários