Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Exige ver filho e ameaça GNR

Um homem, de 32 anos, não aceitou a recusa da ex-mulher para ver o filho fora do dia da visita e tentou agredi-la a ela e à patrulha da GNR que foi chamada ao local.
17 de Outubro de 2011 às 01:00
Tentou agredir a mulher e a seguir os militares da GNR
Tentou agredir a mulher e a seguir os militares da GNR FOTO: Simulação

O incidente aconteceu pelas 20h30 de anteontem, quando o homem foi à casa onde a ex-mulher reside com o filho, menor, em Pardilhó, Estarreja, e tentou obrigá-la, com força física, a deixá-lo levar a criança.

Quando a discussão se extremou, o homem, residente em Albergaria-a-Nova, tentou agredir a mulher que chamou imediatamente a GNR.

Os militares, ao chegarem ao local, ainda o tentaram acalmar. Explicaram-lhe que não podia levar o filho por não ser o dia estipulado pelo tribunal, mas o homem, completamente descontrolado, reagiu com tentativas de agressões e injúrias. Foi detido pelos elementos da patrulha.

Depois de identificado, foi notificado para comparecer hoje de manhã ao Tribunal de Estarreja para ser julgado.

ESTARREJA AGRESSÃO GNR FILHO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)