Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Explosão faz dois feridos

Dois operários de uma empresa de manutenção ficaram ontem gravemente feridos na sequência de uma explosão seguida de incêndio numa unidade fabril na CUF-Químicos Industriais, SA, em Estarreja. As vítimas foram evacuadas para a Unidade de Queimados dos Hospitais da Universidade de Coimbra, um deles com prognóstico reservado.
29 de Agosto de 2008 às 00:30
Vítimas foram assistidas por equipas médicas do INEM e encaminhadas para os Hospitais de Coimbra
Vítimas foram assistidas por equipas médicas do INEM e encaminhadas para os Hospitais de Coimbra FOTO: Francisco Manuel Soares

O acidente ocorreu cerca das 13h20, quando Marco Reis (de 19 anos e residente em Santa Maria da Feira) e Luís Sousa (de 38 anos e residente em Gondomar), juntamente com um terceiro trabalhador que escapou ileso, procediam ao corte de um tubo metálico num tanque de destilação de "mononitrobenzeno" (matéria-prima para produção de paraceptamol).

De acordo com o adjunto de comando dos Bombeiros Voluntários de Estarreja, José Silva, o acidente poderá ter sido provocado por uma chispa que incendiou a protecção térmica do tanque. "O fogo foi extinto pela equipa de bombeiros do complexo químico da Quimigal", explicou.

Para o local foram mobilizadas também duas equipas médicas do INEM, que estabilizaram os dois feridos, transferindo o mais velho de helicóptero e o outro de ambulância. Segundo a mesma fonte, o mais grave dos feridos, Luís Sousa, sofreu queimaduras de 2º grau na face e nos braços.

REACÇÃO

ACTIVIDADE PARADA

O acidente ocorreu numa altura em que a empresa tem a actividade laboral parada.

RISCO AMBIENTAL

A empresa garante que não existiu "nem houve qualquer incidente de natureza ambiental".

INVESTIGAÇÃO

A Quimigal já deu início ao processo de investigação para determinar as causas dos factos.

INCÊNDIO

A 29 de Março um incêndio na empresa de reciclagem Autovila gerou o pânico nos moradores.

Ver comentários