Explosão faz seis feridos em residência universitária de Peniche

Vítimas são técnicos de uma empresa de gás.
Por Francisco Gomes|08.12.18

"Ouvi um grande estrondo e logo a seguir um cheiro a gás. Vi dois homens a abraçarem-se para apagarem as chamas que cobriam o corpo de ambos e alguém a atirar água para cima deles. Foi um cenário horrível", contou um morador que vive junto a uma residência universitária em Peniche, onde esta sexta-feira uma explosão provocou seis feridos, quatro deles graves, técnicos de uma empresa que efetuava uma verificação de uma instalação de gás.

Os quatro feridos graves, com idades entre 30 e 37 anos, apresentavam queimaduras. Três foram transportados de helicóptero e o outro de ambulância para a unidade de queimados dos hospitais universitários de Coimbra e para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa. Os outros foram assistidos no local.

A fuga de gás que originou a explosão está a ser investigada pela Autoridade para as Condições de Trabalho e pela PJ. O acidente aconteceu num espaço isolado, no rés do chão, no exterior do edifício.

Mark Ministro, vice-presidente da Câmara de Peniche, assegura que a estrutura do imóvel "não foi afetada pela explosão. Apesar da gravidade, não causou danos visíveis".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!