Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Explosão mata pai e atinge filha

Uma violenta explosão de gás matou um homem, de 37 anos, e provocou ferimentos ligeiros na sua filha, de seis anos, e graves num amigo, e padrinho da menina, de 31 anos. Rui Manuel Rola Marques foi projectado cerca de dez metros e teve morte imediata. O acidente ocorreu às 16h25 de ontem, na avenida da Portela, em Paços de Brandão, Santa Maria da Feira.
15 de Outubro de 2012 às 01:00
Violenta explosão que matou Rui Marques chamou a atenção de dezenas de vizinhos
Violenta explosão que matou Rui Marques chamou a atenção de dezenas de vizinhos FOTO: Nuno Fernandes Veiga

Rui estava em casa de uma vizinha dos pais quando se apercebeu de uma botija de gás a arder nas traseiras da moradia dos progenitores. Sem pensar duas vezes, correu para o local, acompanhado de Carlos Eduardo Almeida. Rui pegou numa mangueira e tentou apagar o fogo com água. De imediato, deu-se uma estrondosa e violenta explosão, que o matou.

Carlos, que estava um pouco mais afastado, sofreu queimaduras de 3º grau na cabeça, no tórax, nos braços e uma fractura exposta. A pequena Catarina encontrava-se ainda mais longe, mas sofreu queimaduras leves. Foram levados para o Hospital de S. Sebastião, pelos Bombeiros da Feira. A menina foi acompanhada pela mãe, que só mais tarde soube da morte de Rui Marques.

"Foi um estrondo que se ouviu a mais de dois quilómetros. As paredes da minha casa abanaram e as janelas da marquise rebentaram", contou o vizinho Joaquim Silva. "Quando chegámos à rua, vimos a mulher e a menina a correrem aflitas, sem conseguir explicar o que se passava", referiu outra moradora.

A família ficou em choque e recebeu apoio psicológico. O caso é investigado pela GNR.

EXPLOSÃO FERIDOS MORTE ÓBITO SANTA MARIA DA FEIRA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)