Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Explosão ouvida na casa do duplo homicida da ilha do Pico. Veja as imagens

O portão de acesso à residência ficou destruído.
Correio da Manhã 22 de Setembro de 2022 às 21:02
Portão da casa do homicida ficou destruído
Portão da casa do homicida ficou destruído
Portão da casa do homicida ficou destruído
Portão da casa do homicida ficou destruído
Portão da casa do homicida ficou destruído
Portão da casa do homicida ficou destruído
Esta quinta-feira ao cair da noite ouviu-se uma violenta explosão na casa do duplo homicida de ilha do Pico, nos Açores, que confessou ter matado dois homens, tendo queimado os corpos em seguida.

Ao que o CM apurou no local, a explosão ouviu-se cerca das 20h30, e foi audível a cerca de 500 metros do local. Segundo sabe o CM tratou-se de um explosivo que foi atirado do exterior da casa do homicida.

Na casa vivem a companheira e a irmã do alemão que matou Mário Coucelos e Mário Sobral, de 74 e 65 anos, que foram assassinados no dia 10, quando foram surpreendidos pelo homicida, Tomislav Jozic, a fazer a prospeção para compra de um terreno anexo à propriedade deste, que não gosta de ter vizinhos.

As autoridades estão junto da casa e vive-se um ambiente tenso.
Açores Pico crime lei e justiça questões sociais morte crime
Ver comentários