Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Faca de talho à cintura dá multa

O jovem de 16 anos indiciado de, pelo menos, 24 crimes de roubo violento, furto de automóvel e agressão vai aguardar julgamento na prisão, depois de ter sido mais uma vez detido por envolvimento em roubo violento.
24 de Outubro de 2009 às 00:30
Depois de decretada prisão preventiva, Celso voltou ontem ao Tribunal de Faro para ouvir condenação
Depois de decretada prisão preventiva, Celso voltou ontem ao Tribunal de Faro para ouvir condenação FOTO: Nuno Jesus

Já com a pena preventiva decretada, Celso Silva foi ontem condenado pelo Tribunal de Faro a uma pena de multa de 120 dias por posse de arma proibida. O menor, bastante conhecido das autoridades, foi detectado por uma Brigada de Intervenção Rápida da PSP com uma faca de talho com 43 centímetros. Andava com a arma à cintura em plena Feira de Santa Iria, em Faro. Os agentes da PSP suspeitaram que pudesse estar a planear algum crime e efectivaram a detenção.

Ao que o CM apurou, o jovem alegou à Polícia que estava a ser ameaçado e a arma serviria para se defender. Ao juiz, ontem, Celso Silva disse que a faca de talho era para "cortar fruta" e tinha sido o pai, vendedor ambulante, a pedir-lhe que a fosse buscar a casa.

A mesma versão têm os pais do jovem que garantiram ao CM, anteontem, que "a faca era para cortar ananás e dar a provar aos clientes".

A pena aplicada pelo juiz do Tribunal de Faro poderá ser substituída por 125 horas de trabalho comunitário. Tudo indica que deverá ser cumprida dentro da cadeia, enquanto aguarda julgamento por todos os outros crimes de que é acusado.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)