Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

FALHAS SUCESSIVAS NAS OBRAS FIZERAM CAIR PONTE NO IC19

A pressa em reabrir ao tráfego o IC19 sem que tivessem terminado as obras de recuperação da ponte, que então ali decorriam, foi a principal causa da queda daquela estrutura, a 7 de Setembro, e que provocou três feridos.
23 de Outubro de 2003 às 00:00
A retirada dos apoios provisórios, sem que as obras tivessem terminado, foi determinante no colapso
A retirada dos apoios provisórios, sem que as obras tivessem terminado, foi determinante no colapso FOTO: José Barradas
Segundo o relatório divulgado ontem pela comissão de inquérito, nomeada para o efeito pela Inspecção-Geral das Obras Públicas e Transportes, a pedido do ministro das Obras Públicas e Transportes, Carmona Rodrigues, a retirada dos apoios provisórios, sem que tivessem terminado as obras, foi determinante.
Mas o inquérito assinala, também, que aquelas obras foram realizadas “sem que tivesse sido vistoriado o banzo inferior das vigas sobre os apoios, sem que tivesse sido consultado o projecto (da ponte), sem que houvesse verdadeiramente o que pudesse designar-se por projecto de recuperação e sem que tivesse sido, inequivocamente, designado um fiscal de obra”.
Na síntese dos resultados do inquérito, os técnicos referem que a necessidade de reabrir a via ao tráfego implicou a suspensão das obras e sublinham que a retirada dos apoios provisórios “foi decisiva para a verificação do colapso”, dado que havia uma “fractura da aba interior do banzo inferior da viga do lado de Lisboa, na zona de ambos os apoios, que criava condições desfavoráveis de estabilidade”.
A comissão concluiu também que não tinham sido ainda “montados os batentes laterais de confinamento dos apoios da viga, os quais, a existirem, teriam impedido o deslizamento e a rotação da viga”, ficando também por repor algumas ligações na estrutura.
Na altura, o Instituto de Estradas de Portugal (IEP) assumiu as responsabilidades da queda da ponte e, quatro dias depois, o então presidente do IEP, Ribeiro dos Santos, apresentou a demissão.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)