Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Falsificador mandado em liberdade

O homem detido na quinta-feira por suspeita de falsificação de documentos e auxílio à imigração ilegal, em Tomar, ficou obrigado a apresentações periódicas às autoridades policiais, informou ontem o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).
6 de Maio de 2007 às 00:00
O suspeito foi ouvido no Tribunal de Instrução Criminal de Coimbra e ficou com a obrigação de se apresentar três vezes por semana ao SEFde Leiria. O juiz de instrução criminal proibiu-o também de abandonar o País.
O detido disse ser de origem paquistanesa, mas as autoridades prosseguem as investigações para apurar a verdadeira nacionalidade e identidade do homem, que aparenta ter 40 anos. É suspeito de pertencer a uma rede de legalização ilegal de imigrantes.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)