Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Falso empreiteiro rouba 50 casas

Fato-macaco a rigor, Paulo contava sempre a mesma história: era empreiteiro e queria apenas verificar eventuais problemas de humidade nos apartamentos. Com este esquema conseguiu assaltar cerca de 50 casas em Lisboa, provocando prejuízos de quase 22 mil euros. Mas na quarta-feira foi detido pela PSP e anteontem acabou por recolher à cadeia em prisão preventiva.

21 de Maio de 2011 às 00:30

O caso é investigado pela 6ª secção do Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa, que indicia Paulo S., 37 anos, por onze furtos a residências, entre Abril e Maio deste ano, na área de Alvalade, São Sebastião, Alcântara e Benfica. Mas há pelo menos outros 39 casos idênticos, principalmente nas zonas de Arroios, Olaias, Campo Grande, Telheiras, Areeiro e Belém, que podem estar relacionados com Paulo, devido ao método de actuação ser muito semelhante.

Depois de conseguir entrar na casa das vítimas para verificar supostos problemas de humidade, Paulo pedia normalmente uma vassoura e uma pá. Aproveitando a distracção dos proprietários, o homem furtava rapidamente o que estava mais à mão, normalmente, computadores portáteis e telemóveis. Saía das casas dizendo às vítimas que ia buscar material isolante, dissimulando o produto do roubo nas roupas e nunca mais aparecia.

Telemóveis e computadores eram depois vendidos a preços mais baixos do que os de mercado a colegas, num bar da Costa de Caparica onde trabalhava. Paulo já tem antecedentes criminais por roubo e já cumpriu pena de prisão. A detenção foi feita pela Divisão de Investigação Criminal da PSP de Lisboa. 

falso empreiteiro
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)