Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Falso médico condenado a pena suspensa

O Tribunal de Lousada condenou esta sexta-feira Júlio Costa, o homem que durante dez anos se fez passar por médico, a três anos de pena suspensa pelos crimes de usurpação de funções e tráfico de estupefacientes.
19 de Março de 2010 às 12:53
Falso médico passava receitas
Falso médico passava receitas FOTO: direitos reservados

Ricardo, médico espanhol e co-arguido no processo, foi ainda condenado a oito meses de cadeia, também suspensos, por ter fornecido as vinhetas e receitas ao primeiro

“O arguido tinha consciência de que tudo o que fazia levava os pacientes a crer que era um médico, e chegou inclusive a praticar actos típicos de um médico” , disse a juíza na leitura da sentença.

Júlio, de 42 anos, foi detido pela Polícia Judiciária a 30 de Outubro de 2008. No seu consultório as autoridades encontraram grandes quantidades de receitas médicas, atestados, vinhetas de vários médicos, bem como um elevado número de medicamentos.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)