Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Falta de professores originou protestos em Casal de Cambra

O Agrupamento de Escolas Professor Agostinho da Silva possui 150 crianças com necessidades educativas especiais.
15 de Setembro de 2014 às 17:26
Escola EB 2,3 Agostinho da Silva em Casal de Cambra
Escola EB 2,3 Agostinho da Silva em Casal de Cambra FOTO: Jorge Paula

A associação de pais da escola Agostinho da Silva, em Casal de Cambra, Sintra, protestou esta segunda-feira contra a falta de professores e a transferência de docentes, que ameaçam degradar as condições no novo ano letivo.

"Protestamos por, no início do ano letivo, faltarem 41 professores num universo de 110 que deviam estar colocados no agrupamento escolar", disse à agência Lusa Helena Santos, presidente da Associação de Pais e Encarregados de Educação da EB 2/3 Prof. Agostinho da Silva.

Mais de uma dezena de pais e encarregados de educação, acompanhados por alguns professores, concentraram-se durante a manhã em frente à escola de Casal de Cambra, concelho de Sintra, que esta semana começa de forma gradual o ano letivo de 2014-2015.

Casal de Cambra escola falta professores protestos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)